Uma proposta para as esquerdas

Compartilhe este texto:

Você já deve ter ouvido mais de uma vez a frase de que as esquerdas não têm um projeto de luta para enfrentar a situação gerada pelo golpe de 2016 e pela chegada ao poder do Bolsonaro e companhia.

O professor Mário Maestri é reconhecidamente, um homem de esquerda e um estudioso da realidade latino americana. Esse ano ele lançou um novo livro   – Revolução e Contra-Revolução no Brasil, onde faz uma análise profunda dos movimentos políticos e sociais do País, de 1.530 a 2018 e aponta para o futuro

Você pode concordar ou não concordar como o que ele escreveu,  mas devia ler.

No final das suas quatrocentas e poucas  páginas,  ele sintetizes a assim a situação internacional e as possibilidades dos brasileiros reagirem contra a atual situação.

…“A compreensão dos sucessos em curso no Brasil, dá-se no contexto da ofensiva geral do grande capital, sob a hegemonia estadonidense  para relançar sua taxa média de lucro,  há décadas em forte  queda  tendencial.  O que exige a destruição e reorganização sobretudo dos espaços capitalistas concorrentes russo e sobretudo chinês. Trata-se de uma luta à morte. Nesse projeto,desempenha papel primordial o domínio completo das reservas petrolíferas sul-americanas, com destaque para as da Venezuela e do Brasil” …

…”Devido a renúncia já histórica das classes dominantes de defenderem minimamente a independência nacional do país, mesmo nos marcos de seus interesses, o movimento de resistência deverá necessariamente ser dirigido pelas classes   trabalhadoras que, para tal, necessitam construir novas direções. Toda e qualquer procura de aliança com os segmentos “democráticos” das classes dominantes nacionais, que limite a ação e o programa do mundo do trabalho, contribuirá para a consolidação do projeto de dominação em curso.  Uma luta que, por sua natureza profunda, deverá  apontar para a superação,  desde seus primeiros momentos, das fronteiras nacionais.”


Compartilhe este texto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *