Mais violência contra os pobres

 

como-funciona-a-previdencia-social-1
Em vez de melhorar seus serviços, os novos dirigentes do INSS criaram uma “força tarefa” para revisar os benefícios, quase todos concedidos em medidas judicais, por incapacidade física dos segurados, para o trabalho.

Por trás de uma medida aparentemente moralizadora, está uma violência contra uma gente humilde, mal informada e convocada com prazos exíguos para comparecer a uma nova perícia.

Segundo as notícias, mais de 8 mil benefícios de cerca de 10 mil avaliados, foram anulados,gerando uma economia de 139 milhões de reais. Possivelmente, Temer e sua comitiva na Europa estão gastando muito mais do que isso. Quem assegura que as revisões, agora feitas, são mais corretas do que os exames que justificaram os benefícios?

auxilio-doenca-pericia

 

Mesmo que haja pessoas lesando a Previdência (e certamente há) se justifica criar tantas dificuldades para um grupo social já marcado pela pobreza e falta de oportunidades na vida, obrigado agora aprestar contas à uma burocracia insensível e perversa com os mais fracos socialmente?

 

sonegometro

A colunista Rosane Oliveira usa hoje seu espaço em Zero Hora para dar uma lição de moral naqueles que se apossam de algumas migalhas do INSS com licenças médicas pouco confiáveis. Seria interessante que ela usasse a mesma veemência para criticar os patrões que sonegam, aí sim em milhões de reais à Previdência Social, ao não pagarem as contribuições devidas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *